Essa bela região localizada ao norte de Portugal é caracterizada por encostas íngremes, precipitadas em direção ao rio Douro. Os terraços de vinhas contam com um solo de xisto e granito e clima com invernos frios, mas com verões muito secos e quentes. Esse conjunto de condições é perfeito para a maturação e produção de vinhos deliciosos.
Durante séculos, os vitivinicultores têm proporcionado ao mundo o conhecidíssimo Vinho do Porto. Embora o nome do produto refira-se a outra região portuguesa, o vinho lusitano mais famoso é nativo do Douro, onde as uvas lá são cultivadas e obrigatoriamente elabora-se o vinho.
Entre os estilos de Vinho do Porto, se destacam os jovens e frutados, como os Ruby, até os mais longevos e robustos, como os Tawny e Porto Vintage. Esse último, por exemplo, é elaborado durante as melhores safras e engarrafado depois de, pelo menos, dois anos em barril.
Essa parte do país surpreende pois além de ser uma das regiões vinícolas mais importantes do mundo, ainda preserva a tradicional prensa por pisa (método que extrai o suco das uvas com os pés). As principais uvas brancas encontradas por lá são a Malvasia Fina, Côdega, Donzelinho Branco, Gouveio, Rabigato, Esgana Cão, Viosinho e Folgazão.
Já as tintas são a Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Barroca, Tinta Roriz (Aragonez), Tinta Francisca, Tinto Cão, Tinta Amarela (Trincadeira), Mourisco Tinto, Sousão, Bastardo, Rufete e Castelão.